Sol que me Afoga

Hoje acordou sol.
Tudo quente,
Alvoroçado,
Coração corrido
Angustiado.

Nesses dias,
Ansiosa aguardo
A noite, a lua
Um céu estrelado.

Aguardo quente
A madrugada
Insone, agitada

Sonho acordada
Ser consumida
Vaporizada
Derretida.

Encontrada.

Verão e sol…
Mar, areia e eu aqui…
Afogada.
Nau_fragada
Anúncios

2 comentários em “Sol que me Afoga

  1. Às vezes ficamos presos em nossos próprios contrários. E externar isso em palavras escritas não é fácil, mas você fê-lo com perfeição, desnudando um estado de espírito que deveras sente, e se não sente, que será da gente?

    Curtir

  2. Até do calor tantas vezes insuportável do Rio de Janeiro (e de outros lugares…) você consegue fazer poesia, transformando simples versos em uma delicada canção!

    Lindo de se apreciar isso, Clau… E é inevitável que o sol nos afogue mesmo em tensões e angústias quando a vida não vai bem.

    O jeito é esperar com o que resta de serenidade por um amanhã levemente melhor!

    Beijo carinhoso!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s