Encontros

Descobri em versos
Palavras poéticas
Rimas de dor.

Te encontrei
Em prosa
Te recebi
Como verbo
Me perdi 
Nos teus adjetivos

Você, que me enxergou música,
Me sentiu poesia
Me ouviu amor.

Entre períodos correlatos
De uma frase bem construída
Nos encontramos:
O Poeta da prosa
E a poesia.

Entre músicas de Chico,
Rimas de carinho,
Uma saudade constante
Uma necessidade gritante
De palavra concreta.

O dia só começa 
Quando a tua palavra me alcança
E me ajuda a respirar.

Sei lá o que vai dar
Essa junção de prosa amorosa
Com  poesia intensa

Sei apenas que o substantivo 
Da vida
Vira sujeito
Quando o assunto
É você.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s