Gratidão de poesia

Palavras incendeiam a imaginação
Apenas palavras,
Sem corpo, sem gosto, sem toque

Como então a pele queima?
A boca saliva a cada letra
A alegria fica aflita
E sobe essa vontade

Um riso me toma o rosto
O corpo agradece
O carinho na palavra

O poeta dos sentidos
Me deu inspiração
Pra voltar a vida

Livre, alegre, leve
Retomar a forma
Relembrar a alma
Saltar da letargia

Essa poesia de fogo
Que me acendeu inteira
Iluminou o dia
Me fez ouvir o coração.

Me encontrei nova
Refeita
Me reconheci
Mulher e delícia nas tuas palavras.

Abençoado seja
Poeta de fogo
Que me lembrou
Que estou viva

E ainda sou…
Anúncios

Um comentário em “Gratidão de poesia

  1. Já falei, mas não custa repetir:

    BEM VINDA de volta ao mundo das mulheres insanas!

    Que sua luz nunca se apague.
    Que este sorriso continue abrindo nossos caminhos.

    Beijão migáaaaa

    Se cuida
    To sempre por aqui

    Rosa

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s