Serena

Tempestade que me assola

Que me afoga
Que me toma.
Dentro de mim, tsunamis
Devastaram minhas certezas.
Entre medos, esperas
Conquistas e perdas.
O mundo que gira
E fica de pernas pro ar.
Mudanças!
Tormentas…
E hoje, acordei serena…
Anúncios

Um comentário em “Serena

  1. Viver tem sido sempre assim
    Quando surge os sinais de desgastes
    A vida renasce
    Feito flor que transforma o olhar
    Não temos certeza, mas trazemos sempre
    punhados de coragens pra usar. Sem regras…

    Beijão

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s