Menina poesia

Andei vagando em desesperos de amor.
Me relendo, revejo, entendo:
Parece sina, isso de amar solta
Experimentando, sorvendo…

Tanto gosto de mar
E nem sei nadar!
Mergulho sempre tão profundamente…
Tormenta ou calmaria,
Sigo na vida…
Há outro amor na próxima esquina.
E lá vou eu…
Sapeca, toda prosa,
Em verso ou rima,
Menina…

Anúncios

Um comentário em “Menina poesia

  1. Menina Sapeca… Mulher Poderosa …

    Enfim descobrimos que o INTERRUPTOR que faz a vida acender, esteve o tempo inteiro em nosso próprio CORAÇÃO.

    Bom demais, me perder nas suas palavras.
    Beijão!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s