Espelho quebrado

Quando meu espelho se partiu
Passei a te ver com outros olhos.
Os olhos ainda eram seus,
Mas a paisagem, essa, tinha mudado.
Onde eu enxerguei um homem
Ficou um certo borrado.
Onde eu dei amor,
Ah…esse já tinha sido jogado pro lado.
É…sou construída de passado.
Fiz em mim um museu
E nele coloquei minhas obras
De vida, de arte, de dor e de sabor.
Quase acho graça
Desse estilhaço que viramos “nós”
Primeiro por ser rotulada, sempre,
De exagerada.
Depois, porque,
Enquanto você parecia nem acreditar
Que eu existia
Eu estava ocupada te amando, te sorvendo,
Te olhando e aprendendo.
Aprendi tanto,
Que, quando o espelho quebrou,
Entre o medo e o encanto
A minha paixão se espatifou.
Hoje o exagero foi seu.
Eu teria amado sempre,
Mas cansei dos atalhos,
Enchi o saco de retalhos
E desisti das sobras.
Hoje, o exagero foi seu,
E você, que nunca me quis,
Me perdeu.

Anúncios

2 comentários em “Espelho quebrado

  1. Lí com lágrimas nos olhos….me transportei p/ cada palavra dess post.Vc arrasa amiga,qto orgulhooooo…rsrs.É incrível como me reconheço nos seus textos,mas esse último foi demais.rsrs.Adoro vc e sou fã.bjos

    Curtir

  2. Querida Cláudia,

    É muito triste quando o espelho de uma relação se quebra, mas infelizmente isto faz parte da vida, nem sempre o amor que depositamos em uma pessoa recebemos por parte dela de volta.

    Uma linda lição de vida o seu poema, meus parabéns!

    Beijos

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s