Epifania

Perdida na correria dos dias
Encerrada nas palavras dos livros
Ouvindo apenas vozes profissionais
Encontra alento na beleza da poesia
Nos livros, filmes e músicas
Filosofia, romance, sociologia
Pedagoga de amor
Desconhecia a realidade do sentimento
Era toda invento, emoção, sonho
Andava de salto em nuvens
Pulava as entrelinhas do cotidiano
Menina de dia,
Senhora da noite
Canta o sol com gana,
Bebe a noite em goles leves
Menina de reservadas tristezas
Mulher de mistérios, estranhezas,
São tantos os seus caminhos
Foram tantas as vidas
Estradas sem saída.
Perde-se ao primeiro som de amor
Encontra-se rapidamente apaixonada
Foge ao som de insegurança.
Entre nuvens de romance
Inventos de areia
Notas de doçura
A menina mulher
Se entrega e foge
Nasce, vive, corre
Silencia…
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s