Inusitadamente Dual

No início, era apenas um nome,
Uma virtualidade,
Mais uma realidade inventada…
Seguimos adiante,
Viramos vozes,
Ganhamos identidade,
Trocamos e descobrimos afinidades,
Viramos imagens no imaginário do outro.
Numa tarde inesperada,
Modorrenta e fria,
Achamo-nos na realidade
E quem diria??
Reconhecemo-nos,
Curtimo-nos,
Espreitamo-nos…
Dizem que dois bicudos não se beijam,
Dois narigudos também não.
Entrelaçados nas afinidades,
Vimos o tempo passar em apulheta,
Rápido, rasteiro, impiedoso.
Despedimo-nos.
Levamo-nos no cheiro,
Em pensamento.
Encantados,
Semi-enamorados,
Com vontade de nós…
Sabemo-nos impossíveis
Não iremos adiante.
Sabemo-nos existentes,
Encantados,
Próximos,
Envolvidos…
E igualmente proibidos.
Anúncios

Um comentário em “Inusitadamente Dual

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s