Amante do Amor

Avassaladora!
É como rotula quem olha.
Poderosa!
Rotula quem vê trabalhar
Falante!
Rotula quem fala
Ouvinte !
Rotulam amigos
Carinhosa…
Quem se deixa acarinhar.
Agressiva!!
Rotula quem tem medo.
E que medo…de amar.
Acertam todos,
Ela é tudo isso
E mais…
Medrosa, menina,
Cansada, quer colo.
Mandona, incisiva,
Amante, lasciva,
Obediente.
São tantas
Tantas, numa mesma forma
De amar.
Do amor solto,
Sem dono, sem partido,
Carinho espontâneo
Dado sem pretexto
Sem texto,
Sem protocolo
Amor simples,
Anarquista,
Libertário
Sem corrente,
Sem precedente.
Pela falta do amor diário
Monogâmico,
Escravizado,
Sem coleira,
Permite-se
Amar.
Não é amante de caso
Nem de sexo ao acaso
É amante do SER
Seja qual for,
Seja quem for,
Que lhe faz brilhar os olhos
Que lhe enche o coração,
Que contagia a alma.
É dona,
De um amor intenso
Gigante.
Assim, tão grande
Que não cabe em si,
Que não cabe só.
Amante que é
Não ama um só.
Amante que sabe,
Não se cabe presa,
Amante que dá,
Dá com prazer,
De gozo,
De olho,
De sentido.
Amante que ama
Ama em si,
O próprio dom
Do amor…
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s