Viva e deixe morrer


Tanto tempo, tanto sonho, tanta vida
Espelhos, escolhas, acertos
Enganos, incertos ou retos
Caminhamos.
Como roupa usada
O corpo também desgasta
A alma fica cansada
Dias ganham ou perdem
Brilho
Interesse
Ardor.
A gente vive,
Se alegra, constrói
Reconstrói,
Segue.
E tanta gente vai embora
Corre
Muda
Sem demora
Voa
Pra longe da gente
E a gente sente,
Mas a gente não vê
Vida que vive,
Pra viver
Pra amar
Pra sofrer
Vida que pede:
Viva e deixe morrer.
Anúncios

3 comentários em “Viva e deixe morrer

  1. Minha irmã de poesia – permita-me dizer assim -,quanto à solidão e o que dizemos dela, pouco importa, desde que, assim, precariamente online, já não sejamos tão sós. Valem todas as posições desde que humanas e repletas de sinceridade, mesmo que incertezas.
    Precisarei ler com calma seus poemas. São ótimos e, realmente, você, como eu, não podemos parar de escrever… O Nelson da Cunha é um figuraço – merece toda nossa atenção. Beijo pra tu! Blog: http://migre.me/10IBW

    Curtir

  2. Como afirma meu amigo Roberto, todo poema carece de calma na honraria da leitura. Em especial, este, que penso não ser uma proposta de morte e sim um pedido, uma solicitação para que os mortos enterrem seus próprios mortos. E assim, que o vivos tenham um pouco mais de paciência até para vivenciarem com sucesso o próprio ato de viver.

    Curtir

  3. Sim, meu anjo…morte aí é apenas a transformação natural pela qual passamos todos nós…
    Que nós, vivos tenhamos paciência e vontade de deixar que algumas coisas realmente morram para que se façam novas, com outra roupa, outro tudo. Morte é estar mais vivo que nunca!

    Obrigada pelas visitas. Beijo.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s