Lágrimas de mulherão

    
 Ouvia dela:
     “- Chora menina, não está fácil manter a sua pose de mulherão.”
     Respondi que não era isso, nunca soube ser diferente…
     Não me pesa, não dói, sou eu.
     Acontece… mulherão também fica frágil,
     Também engole choro, finge alegria,
     Esconde na soberba, no sorriso automático,
     Todo sentimento dolorido, 
     Escondidinho embaixo do tapete.
     Quem vê layout, não vê quase nada
     Verdade que não interessa…
     Pra que mais se sempre se tem pressa,
     De satisfazer desejos, de conversas,
     Coisas ou beijos…
     
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s