Nova.

    Cada vez que vejo, é novidade
    Cada detalhe é mutável.
    Já te via antes, diferente.
    Não te reconhecia viva,
    Alegria em ti não percebia
    Via vida, sombra do que foi um dia
    Mudança, coragem, perrengue,
    Vitória.
    Te olho hoje e, 
    Reconheço o corpo, o viço
    Reconheço o riso, o olho,
    Reconheço…
    Passando ao largo nem te alcanço,
    São rápidos seus passos,
    Altivo seu olhar,
    Certo o teu encanto.
    É sincero teu abraço
    Se perdeu o tom,
    O dom de acarinhar a todos
    Arredia, 
    Tímida, 
    Reservada,
    Distraída.
    Tanto que não se reconhece sempre
    Perde-se no espelho
    Entre o passado e o presente.
    Hoje, só sente
    Ansiedade, vontade
    Aproveita o dia,
    Ama o momento
    Deixa o sentimento
    Segue a vida, 
    Te esforça mais
    Respira…
    Olha…
    Ali, aqui…
    Você. Nova. De novo.
    Segue,
    Bem vinda!   
    
   
Anúncios

Um comentário em “Nova.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s